O IEPRO foi criado na década de 1990, quando tínhamos a responsabilidade e a honra de dirigir o Centro de Estudos Sociais Aplicados – CESA. Nossa missão era de emprestar celeridade a ações de natureza acadêmica voltadas para a sociedade cearense, no tocante a grandes projetos, bem como permitir uma maior integração entre a Universidade e o Governo na capacitação dos Servidores do Estado. Foi criado, também, com o ensejo de possibilitar uma atuação mais consistente dos cargos docentes e discentes nas nossas diversas áreas do conhecimento, para atrair, consequentemente, maior volume de investimentos em equipamentos e Instalações para a Universidade Estadual do Ceará.

Nestes últimos anos, o IEPRO passou por algumas dificuldades em relação ao seu modelo de gestão. Essas dificuldades repercutiram no desempenho de sua missão. Passou a caracterizar-se mais como um Instituto prestador de serviços e produtor de cursos, concorrendo com outras instituições, esquecendo-se do papel primordial para o qual foi criado, ou seja, atender às demandas da sociedade cearense, em articulação com o Estado, tendo como pano de fundo ações de natureza acadêmica. Em síntese, distanciou-se do seu sentido maior, a saber: constituir-se instrumento facilitador das ações da Universidade a serviço da sociedade e do Estado.

Estamos, Universidade e IEPRO, replanejando sua missão e, consequentemente, seus objetivos, em consonância com o atual ritmo empreendido pela UECE, enquanto Universidade pública, com responsabilidade social de atender aos anseios da sociedade no tocante ao ensino, à pesquisa e à extensão. Nossa preocupação é tornar o IEPRO um Centro de articulação de ações da UECE, em estreita sintonia com os empreendimentos estratégicos do Estado do Ceará.

Nossa meta, agora, é colocar o IEPRO como instrumento, como órgão articulador, como instância de mediação, entre a Universidade Estadual do Ceará e a Sociedade Cearense, por intermediário de uma ação inovadora, capaz de acompanhar o ritmo dos projetos de desenvolvimento, prioritariamente, tocados pelo Governo do Estado.

Magnífico Reitor da UECE, Prof. Francisco de Assis Moura Araripe.