Nesta quarta-feira, 31, a partir das 13h30, será realizado, no Centro Cultural São Paulo, na capital paulista, o encerramento do Programa de Capacitação Profissional, acessível para pessoas com deficiência, na área de Desenvolvimento de Software. Além das apresentações artísticas, e da certificação dos concludentes, os alunos que se destacaram durante o programa serão homenageados. Também durante o evento, um balcão de empregos receberá os currículos dos recém-formados.  

O programa é fruto da parceria entre a empresa fabricante de hardwares Dell Computadores – Brasil; a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência – SMPED; a Universidade Estadual do Ceará – Uece; e o Instituto de Estudos, Pesquisas e Projetos da Uece – Iepro. “Assim como qualquer outro ser humano, as pessoas com deficiência são perfeitamente capazes de exercer uma função no mercado de trabalho, desde que tenham acesso à educação e a oportunidade para desenvolver e demonstrar suas habilidades. Esse curso é uma das maneiras que encontramos para concretizar essa oportunidade”, afirma Cid Torquato, gestor da SMPDE.

Arte: divulgação

Sobre o Programa de Capacitação, em SP

Ao todo, foram ofertados 5 cursos a distância, durante 5 meses: Introdução à Lógica de Programação; Introdução à EaD; Informática Prática; Empreendedorismo e Ética; e Fundamentos de POO em Java. A plataforma utilizada no programa é a Dell Acessible Learning, que dispõe de uma janela com intérprete de libras e uma equipe preparada para atender a todos os tipos de deficiências e dificuldades encontradas pelos estudantes. Há tutores para tirar dúvidas dos alunos e estimulá-los no aprendizado. “Em meio ao momento difícil que o Brasil enfrenta, há como enxergar saídas por meio da união entre instituições e do trabalho sério com foco em resultados concretos”, destaca o diretor-presidente do Iepro, Prof. Luiz Carlos Dodt. 

Dentre os 570 alunos aprovados no processo seletivo, 46% possuem alguma deficiência

Sobre o Laboratório de Ensino a Distância – Lead

Em setembro do ano passado, foi inaugurado no Campus do Itaperi, em Fortaleza, a segunda unidade do Lead. O laboratório foi criado pela Dell, em Fortaleza, por meio da parceria com a Uece, para pesquisar e desenvolver soluções de ensino a distância que aumentem as oportunidades de empregabilidade de pessoas com deficiência no Brasil. O resultado deste trabalho foi a criação de uma plataforma on-line e um aplicativo Android, com diversos cursos e inúmeras ferramentas agregadas, que facilitam a aprendizagem do aluno e tornam o ensino acessível.

Todas as soluções desenvolvidas são testadas por um grupo de pessoas com deficiência que aferem a qualidade e acessibilidade dos produtos. A inovação das soluções criadas pela Dell é reconhecida pela comunidade científica nacional e internacional, e já foi apresentada em diversos congressos, realizados em Atenas/GR, no Kansas/USA, e nos principais eventos sobre educação realizados no Brasil.