Com o objetivo de proporcionar um confronto de idéias entre os agentes representativos do campo cultural e pesquisadores acadêmicos da área das ciências humanas, o Instituto de Arte e Cultura do Ceará, o Museu de Arte Contemporânea, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura abriu, nesta quarta-feira, dia 24, o Seminário Interfaces: arte, cidade e subjetividades contemporâneas.

O evento prossegue até o dia 27 de agosto, reunindo artistas, curadores e pesquisadores nacionais e internacionais.

 Na abertura do seminário, a coordenadora do projeto interfaces, Kadma Marques, salientou a importância do seminário que visa, entre outras ações, facilitar a inserção da produção artística aos espaços da cidade.  Segundo ela, o seminário terá continuidade em 2011, quando será iniciada a formação de compositores, além de permitir experiências de intercâmbio do trabalho de curador.

O seminário conta com o apoio do IEPRO e da Universidade Estadual do Ceará.