No período de 21 a 24 de setembro aconteceu, em Fortaleza, a Conferência Internacional sobre os Sete Saberes necessários à educação do Presente. Sob a promoção da UNESCO e da Universidade Estadual do Ceará/IEPRO, instituições associadas à Universidade Católica de Brasília, o evento contou com a coordenação operacional do Serviço Social do Comércio.

O evento reuniu educadores de renome nacional e mundial para uma reflexão sobre a educação contemporânea, referenciada pela obra do sociólogo e pensador francês de prestígio mundial, Edgar Morin, convidado como Presidente de Honra do evento.

O Brasil já havia sido escolhido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) para sediar uma discussão de proporções continentais sobre educação. A posição geográfica é estratégica em relação à Europa e à América Latina. Faltava decidir o lugar. Escalada pela Unesco, a professora Maria Cândida Moraes, da Universidade Católica de Brasília, viajou pelas Instituições de ensino superior e escolheu a Universidade Estadual do Ceará para receber educadores e pesquisadores de todo o mundo.

Presidida por Vincent Defourny, representante da UNESCO no Brasil, a Conferência contou com a participação local de mais de 1300 educadores e , virtualmente, de mais de 5000 pessoas, em salas de teleconferência distribuídas pelo País.

As sugestões e recomendações dos debates serão encaminhadas à Assembléia Geral das Nações Unidas, para os devidos encaminhamentos de natureza político-administrativa.

Edgar Morin é um pensador respeitado, lido e adotado, tendo influenciado à formulação de todas as modernas teorias sobre os fenômenos educativos. Devido a sua imensa contribuição à Educação, ele recebeu o título de “Doutor Honoris Causa” da UECE, após solicitação conjunta do Reitor Francisco de Assis Moura Araripe e da Pró-Reitora de Extensão, Celina Magalhães Ellery.