Ampliar estudos e pesquisas a fim de apresentar soluções e tecnologias de ensino a distância para pessoas com deficiência no Brasil. Esse é o objetivo do novo Laboratório de Ensino a Distância (Lead), inaugurado, no último dia 5 de setembro, no Campus Itaperi. Esta é a segunda unidade do Lead em Fortaleza, fruto da parceria firmada, em 2015, entre a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará (Secitece), Universidade Estadual do Ceará (Uece) – por meio do Instituto de Estudos, Pesquisas e Projetos da Uece (Iepro) -, e a fabricante de hardwares Dell Computadores – Brasil, que resultou na implementação do Programa de Educação a Distância para Pessoas com Deficiência e em Situação de Vulnerabilidade Social. Atualmente, cerca de 136 profissionais de várias áreas do conhecimento trabalham no Lead. “Desenvolvemos tecnologias assistidas para pessoas com deficiência, para que elas tenham acesso ao ensino à distância. Com uma formação profissionalizante, a chance dela ser remunerada é ainda maior”, diz Francisco Oliveira, pesquisador responsável pelo projeto. 

Na ocasião, estiveram presentes na inauguração do equipamento o reitor da Uece, Prof. Dr. Jackson Sampaio, o diretor-presidente do Iepro, Prof. Luiz Carlos Dodt, o gerente de Projetos de Inovação da Dell Fortaleza, Éder Soares, o gerente de Inovação, Bruno Queiroz, a gerente de Projetos de Pesquisa, Juliana Solheiro, a gerente de Projetos de Desenvolvimento, Lidiane Castro, além dos pesquisadores Mariela Cortes, Paulo Henrique, Zuila Carvalho, Marcelo Sousa, Marcelo Franco, Jefferson Sales e Alexandre Seone. Ainda na oportunidade, foram apresentados resultados de pesquisas, como a criação de uma plataforma on-line e um aplicativo Android, com diversos cursos e inúmeras ferramentas agregadas, que facilitam a aprendizagem do aluno e tornam o ensino acessível. 

Em maio deste ano, 300 alunos concluíram a primeira edição do curso de Desenvolvimento de Software em Java, realizado em Fortaleza. A plataforma utilizada no curso é a Dell Acessible Learning, que dispõe de uma janela com intérprete de libras e uma equipe preparada para atender a todos os tipos de deficiências e dificuldades encontradas pelos estudantes. Há tutores para tirar dúvidas dos alunos e estimulá-los no aprendizado. “Em meio ao momento difícil que o Brasil enfrenta, há como enxergar saídas por meio da união entre instituições e do trabalho sério com foco em resultados concretos”, destaca o Prof. Dodt. A segunda edição do curso está em andamento em São Paulo. 

O que é o Lead? 

O Laboratório de Educação a Distância para Pessoas com Deficiência – Lead foi criado pela Dell, em Fortaleza, através da parceria com a Universidade Estadual do Ceará, para pesquisar e desenvolver soluções de ensino a distância que aumentem as oportunidades de empregabilidade de pessoas com deficiência no Brasil. O resultado deste trabalho foi a criação de uma plataforma online e um aplicativo Android, com diversos cursos e inúmeras ferramentas agregadas, que facilitam a aprendizagem do aluno e tornam o ensino acessível. Todas as soluções desenvolvidas são testadas por um grupo de pessoas com deficiência que aferem a qualidade e acessibilidade dos produtos. A inovação das soluções criadas pela Dell é reconhecida pela comunidade científica nacional e internacional, e já foi apresentada em diversos congressos, realizados em Atenas/GR, no Kansas/USA, e nos principais eventos sobre educação realizados no Brasil.

(com informações da Ascom da Uece, O Povo On-line e Dell Computadores)